terça-feira, 30 de outubro de 2012

Cabelo, cabeleira, cabeluda, descabelada...

Oi queridos, tudo bem?
Hoje resolvei falar sobre meus cabelos. Eu sei que parece algo desimportante e que não tem nada a ver com EM, mas já já eu explico o que uma coisa tem a ver com a outra.
Pra começo de história, eu sempre gostei dos meus cabelos. É verdade que eu ficava furiosa quando eu era pequena e nenhum grampo parava nele de tão liso. A piada é que piolho não ficava na minha cabeça porque brincava de escorrega :P
Quando criança minha mãe gostava de me ver como os índios guarani kaiowá e cortava bem de bugrinha mesmo. Depois eu cresci e deixei ele bem comprido, com 15 anos cortei bem curto, deixei por um tempo curto e depois deixei crescer de novo. Aí, lá pelo terceiro ano da faculdade, resolvi cortar beeem curtinho de novo. E é aí que a EM entra.
Eu adoro cabelo curto, acho bonito, acho fresquinho (e pra quem tem muito cabelo como eu, cabelo é quase um cobertor no pescoço), mas, mais do que tudo, acho prático. E foi pela praticidade que eu cortei ele curto há uns 8 anos e permaneci com ele curto. Porque secar os cabelos é algo que demanda uma força no braço que eu não tenho. E o calor na cabeça da uma canseeeeira.
Talvez pra quem tem pouco cabelo seja mais fácil, mais simples. Mas eu tenho muito cabelo e um cabelo muito grosso, ou seja, preciso dum secador potente (e, por consequência grande e mais pesado) e preciso de muito tempo pra secar ele. E tem que ser por mechas, senão, a parte de baixo nunca fica seco. Ou seja, o mais fácil era ter um cabelo curto, que eu pudesse secar rapidamente, passar um produto qualquer e ficava arrumadinho. Então, sim, a EM afeta minhas decisões de moda também.
No final de 2010 até raspei as laterais pra ficar mais fresquinho ainda. E a-do-rei! Mas, nesse ano, cortei ele curto só até março. Depois decidi que eu ia fazer inveja na Patrícia Poeta e ia deixar o cabelo crescer.
O problema continua sendo secar. Mas aí eu pego minha personal-mami-stylist e escravizo no secador. Já disse pra ela que eu só não saio de casa porque não teria quem secasse meu cabelo... hahahaha (é mentira mãe, tu sabe!).
Ter o cabelo comprido no verão tem uma só vantagem: quando tá sujo e muito quente, é só prender pra cima que tudo se resolve.
Há quem diga que o gasto de shampoo, condicionador e óleo de argan (é o que tá na moda né) é muito maior do que com cabelo curto. Isso é verdade. Mas com o cabelo curto eu gastava muito mais na cabeleireira, porque manter um curto bonito sem mullets exige idas periódicas ao cabeleireiro.
Essa reflexão sobre minhas madeixas veio hoje por dois motivos: o primeiro, porque tava muito quente e eu não guentei ele solto, mesmo estando lindo e solto e brilhante. Tive uma vontade doida de passar a máquina 2 e 4 de novo. E o segundo, porque quem é que vai secar meu cabelo em Cuba? Hahahahahah. Tô preparando a viagem (parto no dia 10 e volto dia 17) e pensei nisso hoje. Acho que vou acabar deixando ele secar ao vento, andando pelo Malecón e, quem sabe, nas areias brancas de Varadero...
Parece piada essa coisa do cabelo, mas na lista de candidatos a morar comigo um dia na vida está: você sabe usar um secador de cabelos? Porque se não sabe, ou aprende ou cai fora da lista de seleção... heheheheh.
Bom, e como eu fiquei com o cabelo curto por muitos anos, meus amigos me perguntam: porque tá deixando crescer? Se revoltou contra o mundo? Engraçado que, quando eu raspei a cabeça ninguém estranhou, mas deixar ele comprido tá sendo uma surpresa... Pra não deixar ninguém sem resposta, as duas padrões são: pra fazer inveja na Patrícia Poeta e pra poder fazer um penteado maravilhoso no meu casamento... hahahahaha. Duas ideias doidas e utópicas... ou não.
Mel Dels... quanta bobagem num post só... hehehehe
Até mais!
Bjs

P.S.: Achei dois tufos de cabelos brancos no meio de tanto cabelo negro. Ter o cabelo tão preto dá nisso, ninguém se engana achando que é a luz ou coisa do tipo: é cabelo branco mesmo, desses que aparecem quando se vive muito e intensamente... : D

18 comentários:

  1. Hahahahaha... Adorei Bruna!!!
    Meu cabelo não é preto, mas é lisão assim também, que nem permanente nele pega!

    E também uso ele compridão... mas ter que secar o cabelo quando não está muito frio é realmente uma proeza! Por conta disso, comprei um secador que é potente, mas também pode secar com ar frio, o que ajuda bastante quando o calor começa a pegar e formigar tudo... hehehe

    Mas força na peruca, e aproveita que em Cuba é calorzinho e vai passear balançando os cabelos até secar ;)

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O meu também tem ar frio, mas não seca o cabelo... ehehehehe
      Ih, quando eu viajo é "seja o que deus quiser"...
      Bjs

      Excluir
  2. Filha fica bem rica e contrate uma cabeleireira particular. Lava, seca e arruma os cabelos só no salão. Aproveita e paga pra mim tb, pois meus cabelos não são tão bonitos como os teus e já estão quase todos brancos.... hehehehe te amo, se quiseres faço o sacrifício de sempre viajar contigo, só para secar teus cabelos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mãe é mãe, sempre querendo o melhor pros filhos!
      Hahahahahahahahhahaahahahah
      Pelos próximos 4 anos, pelo menos, acho que não vai rolar esse negócio de cabeleireira. Só comprando os Welaton aí pra ti...hahahahaha
      Bjs

      Excluir
  3. Queria perguntar se você mudou de idéia em relação ao ano de 2010, em relação ao seu post:

    http://esclerosemultiplaeeu.blogspot.com.br/2010/04/usar-ou-nao-interferon-faca-o-teste.html

    Aguardo a resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lorena, acho que não mudei não. Acho que todos temos que, primeiro, ter o direito de escolher o que fazer sem ninguém ficar te crucificando e, segundo, para cada pessoa os tratamentos funcionam de forma diferente. Hoje em dia temos outras medicações além dos interferons que têm funcionado muito bem para aqueles a quem o interferon não deu certo.
      Eu uso hoje o Avonex e estou bem feliz com os resultados. Como eu disse nesse post que tu citaste, os outros dois interferons não deram certo e eu fiquei por um bom tempo com receio de tentar mais um da mesma família. E, como eu já disse em algum outro post, só não usei o Avonex antes porque, antigamente, não se receitava Avonex para menores de 18 anos. Meu diagnóstico é de tempos diferentes do que vivemos hoje. Talvez, se meu diagnóstico fosse hoje, com os mesmos sintomas daquela época, a conduta médica seria diferente. Entende?
      Explico melhor minha atual escolha terapêutica nesse post: hhttp://www.esclerosemultiplaeeu.blogspot.com.br/2012/04/minha-escolha.html
      Respondi?
      Bjs

      Excluir
  4. Oi Bruna, ah seu cabelo é lindo, ai fica fácil de cuidar, mas prefiro pra mulher cabelo mais longo, fica mais feminino....
    Quando vc viaja? sentiremos sua falta!!
    Bjo.
    Mariana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mari! Mas a feminilidade não está nos cabelos e sim bem pertinho, na cabeça...ehhehehe
      Vou dia 10, mas é só uma semana.
      Bjs

      Excluir
  5. Ok, está respondido sim. O interessante é ver que este site, acredita que existem alguns alimentos que podem ser
    desencadeadores da EM, por conter uma substância semelhante à mielina. O site é http://www.msrc.co.uk/index.cfm/fuseaction/show/pageid/398

    Ah, e o seu cabelo, pelas fotos, parece lindo mesmo! O meu cabelo é o contrário do seu: bem fininho e cheio de cachos. Para o meu ficar liso, só passando 3 horas no salão! E meu cabelo é beeem volumoso, acho que é porque é muito fininho. Ai, tô doida para que meus fios brancos apareçam, acho lindo...
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Ei Bruna

    Acho que meu cableo é tipo o seu liso e é muiiiiiiiiiiito cabelo! Ele tá supre grande agora, e sobra pra minha irmã secá-lo!! Boa viagem pra Cuba, lá deve ser muito bonito e diferente...

    um abraço!
    Ana Carolina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre tem um "eleito" em casa pra fazer esses serviços né...hehehehe
      Bjs

      Excluir
  7. Sem cabelo é pior. Tenho diagnóstico de EM desde 2001 e agora estou com câncer de mama.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, eu adorei minha época sem cabelo. Talvez porque eu tenha escolhido ficar sem ele por um tempo. Lamento pelo teu diagnóstico de câncer e fico torcendo pela tua cura do câncer. Mas sobre ficar sem cabelo, curte essa fase também, eu acho "libertador" ficar sem eles.
      Bjs

      Excluir
  8. Olá, por falar em cabelo.... tive uma queda muito forte depois de uma pulsoterapia, a médica disse que estava relacionada a medicação, agora estou tomando varias vitaminas, a queda já diminuiu mas o cabelo esta bem ralo... vc não tem estes problemas? Ah.... adoro seu blog...tenho o diagnostico mas pouquissimas pessoas sabem, então ler outras experiências é uma forma de não se sentir tão sozinha. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando eu faço pulso cai mais os cabelos sim. Mas como eu tenho muuuuuito cabelo, não aparece nada. Quando eu fiz 3 pulsos, uma atrás da outra, aí sim, ficou ralinho, mas nem perto de ficar careca. Em poucos meses voltou tudo ao normal.
      Não se sinta sozinha não, junte-se a nós! ;)
      Bjs

      Excluir
  9. Olá Bruna, hoje sem querer encontrei seu blog, gostaria de poder compartilhar com você minha história...fui diagnosticada com E.M em 2012 e desde lá minha vida tem sido uma caixinha de surpresa, nenhum dia é igual ao outro e não sei o que fazer...por não entenderem e acharem que é doença mental ou contagiosa quase todos se afastaram de mim...a começar pelos meus irmãos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, realmente a vida da gente muda muito com a EM. E as pessoas à nossa volta precisam aprender a conviver com ela também.
      Seja bem vinda aqui no blog e sinta-se a vontade pra compartilhar sua história.
      Se quiser, podes me enviar um email também: bruna.rochasilveira@gmail.com
      Bjs

      Excluir
  10. TÔNICO CAPILAR COM MINOXIDIL
    R$ 29,86

    O Tônico capilar com Minoxidil ajuda a revitalizar a raiz do cabelo e normalizar o ciclo de crescimento. Também tem a função de estimular a vascularização do couro cabeludo permitindo oxigenação da área. Este Tônico é à base de minoxidil, pantenol e propilenoglicol em solução capilar evitando à agressão ao cabelo. Muito utilizado pelos homens que almejam combater a queda capilar. O Minoxidil ajuda a revitalizar a raiz do cabelo, normalizar o ciclo do folículo, prolongando a fase anágena ou de crescimento.

    Código: 5010209

    Para maiores informações sobre este produto, acesse:
    http://www.anaterrashop.com/tonico-capilar-com-minoxidil.html

    ResponderExcluir

Ajude a construir esse blog, deixe aqui seu comentário, dúvida, críticas e elogios.