sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Mais um sonho realizado

Oi amigos, blz?
Estou exausta mental e fisicamente. Essa história de fazer trocentas provas tá me acabando. Mas, o bom é que as provas também estão acabando.
Hoje à tarde apresentarei para a banca de avaliadores o meu artigo. Depois disso, posso dizer que sou mais uma coisa: especialista em comunicação organizacional.
Mais uma etapa da vida vencida!
Amanhã entro num busão e vou novamente para Florianópolis, passar a semana lá fazendo provas e aproveitando aquela ilha maravilhosa, com praias belíssimas. Não vou me hospedar em nenhuma das praias, mas estou levando biquini e filtro solar. Dessa vez coloco meus pés na areia e a bunda na água salgada.
Apesar do cansaço, me sinto plena e feliz.
Quando descobri a EM, não sabia nem se conseguiria acabar o colégio. Não só acabei o colégio como consegui meu canudo na faculdade e hoje, ao que tudo indica, ganho o título de especialista em alguma coisa.
Consegui isso por ser perseverante, ou teimosa, sei lá. Mas, de tão teimosa, estou teimando em fazer mestrado e, mais adiante doutorado. O que me encanta nisso não são os títulos não. São os aprendizados. Como amo estudar e adoro pesquisa, não vejo outra coisa a fazer agora além do mestrado agora.
Outra coisa que me enriqueceu muito nesse processo foram as pessoas que conheci em todas essas etapas. Tanto as pessoas que guardo no meu coração quanto aquelas que me desafiaram, me ofenderam e foram desrespeitosos comigo ou minha condição de esclerosada. Porque sabe né, nem todo mundo consegue entender que, só porque o ferimento não está exposto, não quer dizer que ele não existe. Mas aprendi com todas essas situações.
Por isso que eu sugiro à todos os esclerosados, jovens ou idosos, que não parem de produzir. Pode ser fazendo uma faculdade, um curso de artes manuais, de língua estrangeira, de como passar camisas...enfim, o importante é estar ativo.
Já falei por aqui que "mãos vazias a cabeça é oficina do diabo". Quanto menos a gente faz, menos tem vontade de fazer. Quanto menos se sai de casa, menos se tem "coragem" de sair. Quanto menos se tenta, menos se faz.
Não sei se vou conquistar tudo que eu sonho, porque eu sonho pra caramba. Mas não vou ficar sentada em casa esperando as oportunidades aparecerem na minha frente. Vou continuar procurando a realização dos meus sonhos por aí. E nesse caminho sei que tenho muita coisa pra aprender, muitas pessoas pra conhecer e muitas felicidades pra colecionar.
Vai ser difícil? Provavelmente. Momentos ruins sempre existem. Mas não posso fazer eles maiores que minhas alegrias. Não posso valorizar mais as pessoas que não gosto do que aqueles que eu amo e que me amam.
Hoje conquisto mais um sonho. Espero que vocês também conquistem os seus.
Bjs

Em tempo: como vou estar viajando semana que vem, e não levarei meu laptop pra praia, me ausentarei aqui do blog. Mas quando voltar, conto como foi tudo e todas as novidades que descobrirei sobre a vida, a EM e a minha vida com EM.

7 comentários:

  1. GRANDIII BRUNAAAA!!!
    Parabéns por mais essa conquista!
    Não há dúvida de que você ainda vai looooongeeee!
    (Mas continue perto de nós...)
    Bjs carinhosos e orgulhosos!!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns!!!!
    Ler o seu depoimento me deu ainda mais força pra continuar lutando pelos meus sonhos! :D
    Big Beijokas!!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns e obrigada pelo texto estimulante!

    ResponderExcluir
  4. Maria João Amorim4 de dezembro de 2009 17:18

    Eu também tenho esclerose multipla! Neste momento estou com um surto com alterações visuais, vou no 2º dia de tratamento com Medrol, estou melhor mas sinto que o meu discurso está "trengo" e não consigo dizer aquilo que quero! É a minha filha quem tá a escrever.Tou assustada pq sou enfermeira e conheço bm a real idade desta doença, tou de atestado, n sei quando vou trabalhar e tenho medo de errar em alguma situação, agradeço que se alguèm tiver passado por alguma coisa do genero me responda (mjoaoamorim@clix.pt). Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Isso aí gentes...temos que continuar lutando sempre.
    Maria João, não sei há quanto tempo vc tem EM, mas normalmente, com o tratamento sua visão voltará ao normal e você poderá exercer sua profissão.
    Como enfermeira você deve saber que seu corpo terá algumas limitações, mas você pode adaptar suas atividades à sua nova realidade. Encare como um novo começo, não como um fim.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Bruna amiga. Tbm estive ausente, no seu blog que eu adoro. è como vc disse, parece que esta conversando com cada uma de nós suas amigas{os}. O papo rola como se estivessemos junto a ti. Tudo se trona tão natural, e muito gotoso.Imagino as pessoas portadoras de EM, o quanto senten-se bem em ler tuas palavras de consolo ou do contrário., pois na vida não ficamos o tempo inteiro dizento td é bom, vamos levar...Temos nossas fraquesas, poxa, temos mesmo que assumir que qualquer limitação as vezes irrita, não é? mas se as temos o melhor é colocar pra fora os nossos sentimentos. Acho que para vc, esta experiência com o blog, tem sido uma terapia pra vc e para todos.Vc é jovem, batalhadora, mas tem muitas pessoas que literalmente deixam passar as oportunidades, sem perceber que seria um ótimo caminho a andar. Por eles, entendo tbm, que o ser humano é diferente un dos outros, e que possíveis dores, afetam mais à aguns. Não estamos aqui a passeio, e sabemos que temos nossos resgates de vidas passadas, ou até da atual, para quem acredita fica mais fácil saber, que, sempre podemos ter esperanças, que amanhã será um novo dia, e que poderemos amenisar nossos pesadêlos. Admiro vc amiga. Agradeço a Deus, que nesta tragetória da vida, tenho conhecido pessoas como você. bjos no coração. Gisela

    ResponderExcluir
  7. Obrigadão pelas palavras e pelo carinho Gisa!!!
    Bjs

    ResponderExcluir

Ajude a construir esse blog, deixe aqui seu comentário, dúvida, críticas e elogios.