quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Limão de presente

Oi gentes, blz?
Hoje conversei com uma pessoa que está deprimida e estressada porque perdeu o emprego. Ela trabalhou por mais de 10 anos em um lugar e agora está sem emprego e depressiva.
Realmente, perder um emprego de tanto tempo deve ser beeeem ruim. Mas não é o fim do mundo.
Eu sou muito daquele pensamento: se a vida te dá um limão, junta açucar e cachaça e faça uma caipirinha.
Veja o exemplo dessa pessoa. Ela era secretária e tinha um grande talento para artesanato (biscuit). Agora, sem emprego, ela poderia se dedicar ao artesanato e fazer disso seu ganha pão extra, já que ela tem aposentadoria. Mas não, ela está se lamentando pela perda ao invés de ver o que poderia fazer pra se ajudar.
É como ter Esclerose Múltipla. O primeiro impacto é horrível. Você fica cheio de dúvidas, medos, raivas, tristezas e etc. Entretanto, você precisa continuar a viver, afinal, você não está morto, está com EM.
Aí é sacudir a poeira, se levantar e fazer o que a gente veio fazer aqui nesse planetinha redondo: viver.
A vida te deu um limão azedo é? Atira o limão de volta e ainda faz uma "banana" pra ela.
O problema de quem deixa de viver quando descobre uma doença ou perde um emprego é o apego ao passado. O apego ao emprego antigo, ao local de trabalho, às coisas que você fazia e não fará mais. Quem tem EM e se apega apenas ao que não pode mais fazer ao invés de olhar as milhões de coisas que pode fazer acaba tendo depressão e virando um incapacitado. A EM traz obstáculos na nossa vida, mas não nos torna incapazes.
Deixe o passado no lugar dele, lá atrás. Quem vive de passado é museu e professor de história minha gente. Sentir saudades ok, é permitido. Mas lamentações e resmunguices não.
Vamos viver o hoje. O agora. E quem sabe, planejar o amanhã. Mas o maior presente que a gente ganha todos os dias é realmente o presente.
E se o seu presente tem um, ou dois, ou mais limões juntos, faça uma caipirosca, uma limonada, uma tortinha de limão... Use sua criatividade pra fazer desse limão azedo um doce delicioso.

Até amanhã!
Bjs
Em tempo: eu adoro limão. Não só em receitas e bebidas, mas de comer limão com um pouquinho de sal. Gente estranha é assim, chupa limão porque gosta...hehehe

7 comentários:

  1. Na verdade elaboraria ainda mais tua teoria, diria que todos recebem mtos limões, alguns mais azedos é verdade...só que alguns fazem algo de proveitoso com o limão e o esquecem, outros ficam chupando o mesmo limão, em quanto isso vão chegando mais limões(que são normais da vida) que vão se acumulando, ai sim o negócio fica azedo hehe. Fora que se você demora para dar um jeito no Limão, ele apodrece, e ai fica difícil tb fazer algo proveitoso com ele.

    Boa essa analogia heim? hehe
    Bjaum ti amo.

    ResponderExcluir
  2. Oi Bruna, eu simplismente ameeei o texto de hj!!! Como te falei em algum post anterior... não tenho EM, mas amo muito alguém que tem. Por isso estou sempre ligada no seu blog. É muito bom ver sua felicidade e garra de viver, e ver que a doença não afetou isso. Esse seu jeitinho me ajuda a mostrar pro meu namorado que a vida continua e que ele vai ser muito feliz ainda.
    E a vida não escolhe, sai distribuindo os limões por aí... a gente é que precisa botar a cabeça pra funcionar e transformar esse sujeito azedo em algo gostos e útil pra gente! Não é mesmo?!
    Super bjo

    ResponderExcluir
  3. Concordo plenamente com o Tiago.
    E Carol, podes acreditar que o teu apoio pro teu namorado é mais importante até que os remédios que ele toma. Vamos fazer dos nossos limões doces maravilhosos sim!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Amei esse post Bruninha!!!
    E como a vida nos dá limões quase todos os dias, mas a gente tem mesmo é que tirar proveito de todos eles e se possível, transformar em coisas doces e saborosas.
    Ótima sua analogia Tiago.
    E Carol, posso te falar isso por experiência própria, amor, carinho, apoio e compreensão são os melhores remédios que a gente pode receber.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  5. Gostei do limão para fazer uma caipirinha, coisa de mineiros, penso eu... Rsrssr...Você é totalmente do bem, né mesmo? Abraço. Lourdes Dias.

    ResponderExcluir
  6. Graças a Deus sim, Lourdes...hehee
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Obrigada meninas!!! Bom saber que estou no caminho certo!!! ;0)
    Bjos

    ResponderExcluir

Ajude a construir esse blog, deixe aqui seu comentário, dúvida, críticas e elogios.