sexta-feira, 6 de junho de 2014

Quando até o intestino se irrita

Oi queridos, tudo bem com vocês?
Comigo tudo bem. Pelo menos melhor.
Como disseram alguns amigos via email e facebook (mais especificamente a Tuka e o Rodrigo), a tristeza não combina comigo. Fiquei chateada mesmo por uns dias. Mas a tristeza é chata, incomoda e cansa. Bem melhor arrumar motivos pra sorrir. Porque mesmo com essas dores desgracentas, sempre tem alguma (muitas) coisa boa acontecendo nas nossas vidas. Rodrigo, aquela amiga pentelha que tu conheceu na Dinamarca voltou...hehehehe (tadinho, foi obrigado a me aturar durante diiias sem ter escolha...ahahhaa). Tuka, pode vir que a deprê foi embora!
Bom, mas vamos falar de coisa boa, vamos falar de tekpix (aliás, alguém aí conhece alguém que tenha essa geringonça?)...opa, não vamos falar do meu novo diagnóstico...hehehehe.
Então, vocês lembram que eu emagreci, emagreci, emagreci e continuava emagrecendo? Pois é, no início achei ótimo. Comprei calça 38, vestidinho bunitinho e tudo mais. Mas até aí tudo bem. Não sei porque cargas d'água eu tinha diminuído o tamanho da fome. Se eu comesse um pouquinho, já ficava satisfeita. E assim eu perdi 12 quilos em um ano e pouco. Só que nos últimos meses começou a ficar ruim porque eu comecei a me sentir mal cada vez que comia. E não era só uma sensação de estufamento, me dava queda de pressão, eu ficava fraca... coisa chata mesmo.
E um dos grandes prazeres da vida é o que? Comer! Eu não podia passar mal comendo. Eu não queria deixar de comer.
Aí fui num gastro ver o que ocorria.
Ele pediu pra eu fazer teste de intolerância à glúten e teste de intolerância à lactose. Enquanto eu fazia o teste, ficava pensando que, se eu pudesse votar, preferia ter intolerância à lactose...ehehehhehe. Quem for fazer esse teste, já aviso, o de lactose é nojento... fiquei dias sem querer cheirar leite por conta disso.
Bom, mas os exames vieram e não era nem um nem outro.
O médico disse que eu tenho Síndrome do Intestino Irritável.
A moça é tão irritada, tão irritada que até o intestino dela se irrita sozinha...ehehehhehe.
Segundo o médico, é bom eu evitar o leite, de qualquer forma. Eu tenho evitado, quando dá. Mas nesse friozinho, um cafézinho com leite, um chocolate quente...não dá pra ficar totalmente sem. De qualquer forma, diminui.
Cheguei em casa com esse novo 'diagnóstico' e fui pro google ler sobre ele. Descobri que não é uma doença, mas uma disfunção, um problema funcional do intestino mesmo. E que pode tanto diarreia quanto constipação. E aquela sensação de inchada e a queda de pressão, era coisa dessa síndrome.
Também descobri que é como se fosse uma falta de coordenação motora dos órgãos responsáveis pela digestão. Aí, catando sobre a síndrome do intestino irritável e a esclerose múltipla, encontrei um moooonte de artigos médicos falando que podem ter relação, afinal, se a EM deixa tudo meio descoordenado, porque não descoordenaria o intestino?
Meu médico me passou um remédio pra tomar durante trinta dias pra passar a crise maior. E passou mesmo. Tanto que engordei 3kg nesse meio tempo...hahahahah. Melhor parar por aí.
E outro pra quando desse diarreia. Porque elas estavam sendo constantes.
Agora o negócio é ir testando as comidas. Porque tem comidas que fazem o quadro piorar. Mas não existe uma lista de comidas que piorem. Cada paciente vai montando a sua própria. Eu já percebi que frituras, leite e carne vermelha ajudam a piorar. E que muito feijão também. Ou seja, comidas que formam muitos gases e de difícil digestão. E com refrigerante também piora.
Dias que eu passo o dia todo fora de casa e como comida que sabe lá deus como foi feita, também piora. Prefiro não pensar sobre isso, senão passo a comer só em casa.
Se você também vem sentindo desconforto depois de comer, vale a pena ir num gastro e estudar isso direitinho. Não tem porque ficar sofrendo à toa.
Ainda não fui na minha neuro contar sobre isso, mas tenho quase certeza que ela vai me dizer que muitos pacientes dela com EM tem a mesma coisa.
Tem gente que diz pra eu me acalmar, porque o estado emocional piora a condição do intestino irritável. O que essas pessoas não entendem é que é meu intestino que não tá calminho, não eu...ehehehhe. Fora que, em qualquer pessoa o estado emocional afeta o físico e, no caso da EM, o físico afeta o emocional. Ah, e mais, em quem tem EM, essas disfunções não são de fundo psicológico (quando falam assim parece que a gente inventa doença pra ter), são de uma desordem física mesmo, porque o cérebro manda as informações todas bagunçadas pro resto do corpo.
O negócio agora é cuidar os alimentos e, se a coisa apertar, voltar no gastro.
Até mais!
Bjs

p.s.1: enquanto procurava sobre a síndrome do intestino irritável, achei esse artigo no site do dr. Dráuzio Varela (coisamaisquerida), que eu achei bem esclarecedor: http://drauziovarella.com.br/letras/s/sindrome-do-intestino-irritavel/

p.s.2: antes que alguém sugira que é falta de vitamina D, que eu sou burra porque não uso vitamina D ou que eu vou ir pra uma cadeira de rodas porque não tomo vitamina D, meu nível está acima do recomendado: 52. Beijinho no ombro!

25 comentários:

  1. Nossa, eu não sei o que é mas ultimamente estou sentindo uma coisa estranha. Algumas horas após comer me dá um vazio e um aperto no estômago. Às vezes, minha barriga até faz uns barulhos... Não sei se pode ser algo sério, mas o fato é que depois de comer de novo tudo melhora. Será que pode ser algo?
    Ah, tbm percebi um encolhimento no número das minhas camisetas e o aparecimento de bolinhas na área do abdômen. O que será?
    Beijos
    Jota

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahahahahahahaha
      tô rolando de rir!
      Meu amor, teus dois problemas na verdade é um só:
      O vazio no estômago é mais conhecido como fome... e quando se sente muita fome, come-se muito...e aí, pum! as roupas diminuem criando uma coisa redondinha na área do abdômen: a pancinha...ehehehhee.
      A gente resolve isso!
      Amo você me fazendo rir... te amo!
      Bjs

      Excluir
  2. Oieee Bruna!!!

    Deixa eu conta um pouquinho da minha historia de medico rsrsrsr passado fui diagnosticada com sidrome do intestino irritável, tinha dias que meu intestino tava preso, outro dias solto que não podia sair de casa rsrsr, fiz monte de exames esses que vc citou, fiz tbm, mas fiz dois exames q me irritou mtoooo o retossigmoidoscopia aff q quando fui fazer acabei sem qrer xingando a medica de tanta dor q passei e chorei um monte... aff mas o de Colonoscopia foi o pior fiquei um dia todo tomando dois tipo de laxante te tomando gatorad e torrada, soh podia comer isso o dia todo ai chegou a noite fui para no pronto socorro pois tava mto mal, nao parava em pe, de tao fraca.... aff entao fui no medico me deram um monte de injeção no bumbum e pronto dei uma melhorada no outro dia de manha fui fazer o exame tomei anestesia geral ... aff acordei 2 horas depois perdida, quando olho pro lado e vejo como olharam meu intestino quase tive um treco uma mangueira giganteee....aiaiai fiquei mal o dia todo vomitando etc.... voltei na gastro ela disse vc tem sindrome do intestino irritavel essa semana acabei de tomar os 3 remedios que ela passou para eu tomar por 1 mês, melhorei bastante, mas no dia q come fritura ou leite aff ai desgraça tudo de vez não saio do banheiro rsrsrs e quando como massas fico com constipação estou tentando me adequar mas ja estou bem melhor,heheh mas vamos la amiga, mais uma luta para nos vencermos!!!!!

    quanto a vitamina D a minha dose esta acima tbm, o medico disse que ja estou com quase intoxicação de vitamina, ai guria to cansada desse povo falar q tenho tanta coisa por causa da vitamina D que não to passando com médicos do protocolo serio #issotameirritando

    bom por agora eh so rsrsrs

    bjkas da Pam!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos ter que começar a trocar receitas também! eehhehe
      A colono e a endoscopia não me chateiam tanto. Só o preparatório pro exame que é desagradável.
      #tamujunto
      Bjs

      Excluir
  3. Eita Bruna, por coincidência fui hoje no gastro justamente por está sentindo um desconforto na barriga. O médico disse que provavelmente tenho a síndrome do intestino irritado, mas para descartar outras hipóteses, tenho que fazer a colonoscopia (ninguém merece!). Mas é horrível esta sensação, sem falar que a barriga fica enorme e dura, parece até que estou grávida rsrsrs. Valeu pelo post, vc sempre nos ajudando e adivinhando neh?! rsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que é? Bom, se for, o remédinho é bem bom e uma dieta mais equilibrada já dão uma boa melhorada na coisa. Se for, começaremos a troca de receitas aqui no blog ;)
      Bjs

      Excluir
    2. Estou tomando o Digedrat, e até q estou me sentindo melhor. Qual remédio que estás tomando? Bjss

      Excluir
  4. Oi Bruna, hj li o post que vc sugeriu sobre a sua escolha de tratamento e realmente faz sentido. Quando falei sobre ele em momento algum quis impor ( até pq não conheço quase nada sobre isso rsrsrsrs pra mim era algo novo. " sabe de nada inocente" kkkk ). Falei pq achei q vc ainda não tivesse ouvido falar. Bom como respondi no post anterior..hj refiz o exame e já recebi o laudo. .nao era apenas um pinçamento.. não fechei um diagnóstico pq precisarei fazer uma punção. O q se sabe é que tenho uma inflamação na medula ( mielite). No laudo diz q pode ser por processo inflamatório ou desmielinizante. Procurei dois neuros um ortopedista e um neurocirurgião imediatamente. . ( o mais incrível é q todos tem whatsapp kkkkk acho isso muito engraçado. .enfim mandei uma foto do laudo).
    Meu neuro me ligou e falou que precisamos pesquisar pra saber se temos q fazer ou nao algum tratamento pois aparentemente a lesão não está ativa... ( nesse momento me senti mongol. .como assim não fazer nada??? Meu corpo vai ficar bom sozinho ou vou ficar na m... pra sempre? Não rolou de perguntar rsrsrsrs pelo menos não por telefone). De acordo c ele os remédios são super fortes então nem sempre é a melhor opção ( no idea de quais remedios sao esses...) . Reponho a b12 e tomo adera pq não pego sol nunca. .na verdade o odeio..mas terei que passar a dar uma chance à ele...e olha q moro no Rio. Prefiro o frio..fato! Bom só semana q vem vão me atender e enquanto isso o tempo vai passando e minha aflição aumentando. A neuro do meu pai ( q tem Parkinson) disse q pode ser deficiência de b12..adoraria acreditar mas será q uma simples vitamina teria todo esse poder?! Odeio carne, tbm terei q voltar a consumi-la assim como o sol. Bom se o tratamento se resumir a isso beleza ( o q não me pareceu ser visto q todos os médicos demonstraram preocupação. .mas acho a de fato nao falariam por telefone ou whatsapp). Enfim..apenas desabafo mesmo.... torço pra que todos nós tenhamos qualidade de vidamme saúde que era uma coisa q eu nao ligava ..agora passou a ser o mais importante de tudo..as vezes nos preocupamos c tão pouco... me sinto retardada quando penso nos dias q chorei por motivos bestas. Thats it...obrigada mesmo pelos seus textos q me dão força e alegria.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fer, tudo bem aí?
      Bom, realmente pode ser uma lesão isolada, e que nunca mais incomode. Não fazer acho complicado...no mínimo a gente busca respostas pra saber se não é outra coisa e, claro, trata as "sequelas" com fisioterapia, terapia ocupacional, psicólogos, endocrino, sei lá...
      Sobre ser "só" deficiência de b12, realmente quando ela falta não é "só". Existe um tipo de anemia causada pela falta de b12 que causa os mesmos sintomas de EM, a anemia perniciosa. Eu escrevi um post sobre isso, caso ajude: http://esclerosemultiplaeeu.blogspot.com.br/2009/08/anemia-disfarcada-de-em.html
      Vai nos deixando informado aí do teu caso!
      Bjs

      Excluir
    2. Obrigada Bruna! Vou ler agorinha mesmo..pq não fechar o diagnóstico é a pior sensação do mundo..essa semana tenho 73625272 consultas..veremos. só quero q tenha algum tratamento q não faça a doença progredir... sinceramente. .só isso já me bastava. .claro q voltar "ao normal" seria bom...mas estou tão angustiada q me contento com a não progressão da doença. Beijos e continuarei acompanhando o blog que muito me ensina a ver e levar a vida. Fica com Deus!

      Excluir
  5. Eu passo por está situação também fiz todos os exames e também não tinha nem uma intolerância e nem uma doença no intestino, mas sim uma sequela no esfincter do intestino devido a EM fazendo com que tivesse diarréias constantes, eu fazia uso do Recife 44 então meu neurologista passou o meu tratamento para o Tysabri e mais ou menos um mês depois que comecei a fazer o uso as diarréias acabaram, sofri por 17meses não podia nem sair de casa mas agora estou bem, lógico que quando eu parar com o Tysabri a diarréia vai voltar pois sequela não tem muito o que fazer, mas fale com o seu neurologista sobre uma possível sequela veja a opinião dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por contar teu caso Michelle. O meu caso acho que não é bem esse porque eu não tenho sequela no esfincter e meu problema maior nem era a diarreia. Era o inchaço mesmo e o mal estar geral. Diarreia só de vez em quando. Mas é bom saber que pode ser isso também.
      Bjs

      Excluir
  6. Oi, Bruna! eu tenho SII faz uns bons anos, muuuito antes de saber o que danado era EM...acho que desde uns 18 anos, que foi quando eu descobri também que tinha intolerância à lactose, já fazem quase 9 anos!!
    Olha, ando lendo muito acerca do assunto da nutrição e sua relação com as doenças..desde que descobri a EM venho me interessando em ler essas coisas. Conversei com um amigo médico e fizemos uma breve retrospectiva da doença e vi que a alimentação errada e o fato de ter SII e intolerancia agrediram profundamente a mucosa do intestino. Alimentos alergênicos como trigo (especialmente pelo gluten) e leite vão aos poucos destruindo nossas vilosidades intestinais e impedindo inclusive a absorção de nutrientes. A molécula do gluten afasta o espaço entre os tecidos e permite a entrada de partes desse alimento pra corrente sanguinea, fazendo com que nosso corpo crie mecanismos pra se defender do invasor, gerando então doenças autoimunes, como a EM. Tem muitos estudos novos saindo nessa área, venho acompanhando muitas atualizações de médicos do campo da nutrologia, nutrigenética, medicina antiaging..eles falam muito sobre essas "verdades escondidas" acerca dos alimentos que são vendidos como saudáveis, mas na verdade não são. Dr. Marcio Bontempo fala sobre isso, explosão no número de doenças autoimunes na atualidade, algo absurdamente maior do que na época de nossos avós...a alimentação atual contribui sobremaneira pra esse processo.
    Bom, o que eu tenho feito é continuar com minha dieta sem laticinios, que já faço há 9 anos (só que agora não mais revoltada por não conseguir comer meu sorvetinho, agora tranquila porque sei dos malefícios do leite) e cortei também o gluten. E no geral como mais comida natural, menos industrializados, menos açúcar, menos sal, menos soja, nenhum óleo vegetal (uso óleo de coco pra fritar)...E olha, tá funcionando bem! A disposição é outra. Quando fujo da dieta, só falto morrer de dor no corpo e mal estar. Até gripe já peguei depois de me acabar no nhoque. heheheh
    E quanto à SII, acho que não tenho mais! meu intestino nunca funcionou tão bem quanto agora... ah, tomar glutamina ajuda muito nisso.

    Pronto, é isso. Vc faz bem em evitar o leite (não falo só por mim, conheço muitas pessoas que cortaram e se sentem outras! minha sogra cortou e nunca mais teve qualquer problema de rinite. Meu avô também, nunca mais teve problemas de estufamento). Se conseguir fazer uma alimentação toda mais saudável, nem vai lembrar que tem essa SII. Siiiim, o emocional conta MUITO! Muiitoooo! Nos meus períodos de estresse é que ela atacava.
    Aff falei demais!
    bjsss e se cuida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Débora, não tenho dúvidas de que a nossa alimentação faz muita diferença tanto pro surgimento de novas doenças como para o controle de outras.
      Sei que a lactose não me faz bem e que o gluten pode provocar atividade inflamatória, então, comecei a evitar.
      Li algumas coisas sobre dietas pra quem tem EM, mas tem coisas muito loucas, com restrições super severas. Uma delas diz que a gente não pode comer glúten, lactose, açúcar e amidos. Os três primeiros itens até vai, mas ficar sem batata, milho, mandioca e arroz, nem pensar!
      Mas acho que algumas adaptações podem ser feitas.
      Eu sempre tive uma alimentação muito equilibrada e compramos alimentos em feiras orgânicas, pouca coisa industrializada. Mas fugir totalmente é difícil.
      Se bem que tô considerando seriamente a opção "levar marmita pra faculdade", porque nos dias que eu fico lá e almoço e lancho, passo mal demais no dia seguinte...
      é uma luta!
      Bjs

      Excluir
    2. Vixe, cortar batata, mandioca e arroz é osso! assim viverei de luz...kkkkk porque gluten e lactose eu já não consumo. Açúcar evito ao máximo e a minha comida tbm é toda insossa.
      Pronto, resta a água... e a luz! kkkkkk
      É isso aí, marmita é a melhor opção, beeeem melhor que essas coxinhas da faculdade.
      Beijocas

      Excluir
  7. e o jota com o fampyra? como está?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, vou falar mas logo ele vem aqui comentar também e escrever um texto sobre o fampyra aqui pro blog também.
      Como o nível de estresse dele aumentou prum nível estratosférico no final da dissertação do mestrado, a marcha piorou muito. Mas, mesmo precisando mais de apoio, ele fica com a coluna ereta quando está de pé...antes ele ficava "pendendo" pra frente. Ele levanta sem apoio do sofá, enfim, tem feito movimentos que antes era bem complicado...
      Mas vou deixar ele mesmo falar ;)
      Bjs

      Excluir
  8. Acho que eu vou precisar passar no gastro :(
    Eu tenho quase certeza que a lactose ta com algum enrosco comigo, nunca fui de tomar leite, um tempo atras comecei a levar iogurte para o trabalho e ficava com a barriga incomodando, parei e melhorou. Outro dia comprei uma maquina de espumar leite e fiquei ruim de novo. Não que eu faça questão de leite, mas um capuccino nesse frio é uma boa. E do chocolate eu não abro mão, pelo menos se eu como só um pouquinho de chocolate não da nada.
    Agora o gluten eu não dispenso, como vegetariana se eu tirar as coisas de gluten da dieta vou ter que viver de alface.
    E eu sei que não é vitamina, porque eu já to com a D na medida certa, só tó tendo que repor -DE NOVO- a b12(o injeção que dói na alma essa dai)

    mah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu substitui por leite sem lactose e eliminei o creme de leite da minha vida e já melhorou muito. Como chocolate com 70% cacau pra ajudar também.
      Vale a pena a mudança!
      Bjs

      Excluir
  9. Oi Bruna! Você já tentou nutrição funcional? Marquei hora com uma nutri e estou em dúvida se vou ou não... A consulta é carésima! E, pelo que eu li, a dieta é super restritiva. Help!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dieta restritiva? No thanks! ehehehhehe
      Mas me conta depois como tá sendo esse negócio. Pode ser que eu mude de ideia um dia...ehehhe
      Bjs

      Excluir
  10. Agora q eu vi o teu comentário lá em cima... Já tá respondido. Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi Bruna!!! Tô começando a estudar alimentação viva. Já ouviu falar? Como o nome diz é alimento vivo, germinado. Dentre outras coisas ensina a fazer leite de sementes e castanhas. Pode parecer estranho, mas é gostoso. Tem o suco vivo q é desintoxicante. Pra gauchada q ama um churras não sei se rola, mas que bem demais pra saúde, isso faz.
    Se quiser mais informações, me cutuca no meu email, tá, Bjim
    Denise

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que tá sendo bom pra ti Denise!
      Eu não sou muito fã de coisas restritivas não. Mas não nego experimentar coisas novas.
      Bjs

      Excluir
  12. Quero comentar aqui o meu caso e a simples solução que encontrei.
    Eu durante 10 anos tive muitos problemas de intestino fiz 3 vezes Colonoscopia, passei por 5 médicos todos com
    diagnósticos diferentes, mandaram eu trocar a alimentação não comer chocolates, especiarias, gorduras, frutas,
    feijão, repolho, brócolis, leite, bebidas gaseficadas, álcool e principalmente alimentos com gluten.
    Como sempre mandou eu comer muitas fibras e muita água.
    Segui a risca todas as recomendações e nada adiantou.

    Meus Sintomas eram esses:
    - Estresse - acho que todos que tem problemas com intestino é estressado ou meio depressivo, no meu caso era assim.
    - Dor Abdominal Forte ou Cólicas
    - Gases
    - Diarréia ou Constipação - dependendo do que eu comia esse quadro se alternava, alguns dias dava diarréia outros prendia o intestino
    - Muco nas Fezes
    Era meio estranho pois tinha tempos que dava uma melhorada e tinha tempos que parece que esses sintomas se agravavam.
    Até que há 2 anos atrás eu comecei a pesquisar sobre probióticos e prebióticos e cheguei a conclusão que o melhor custo benefício como probiótico
    seria o Kefir de Leite e o melhor prebiótico seria a fécula de batata crua pois ela é um amido resistente puro e encontra em qualquer mercado.
    O amido resistente que no caso é a fécula de batata crua passa direto pelo aparelho digestivo sem ser digerido e vai parar no intestino intacto e esse amido resistente serve como alimentação para as bactérias boas do nosso intestino,
    essas bactérias boas você consome através do Kefir de Leite que é uma colônia de bactérias boas para a restauração e renovação da nossa flora intestinal.

    Comecei a consumir todos os dias 2 copos de Kefir de Leite misturado com 1 colher de sopa de fécula de batata crua, parece uma coisa muito simples não ?
    Por incrivel que pareça em 1 semana meu intestino já regularizou, em 2 semanas não tinha mais nenhum sintoma, continuei tomando e tomo até hoje todos os dias
    depois de 4 meses que eu estava tomando fui fazer uma nova colonoscopia e o médico se surpreendeu comparando com os antigos resultados, eu contei para ele o que estava tomando e ele
    confirmou que realmente tem muitas pessoas tendo ótimos resultados e benefícios com o Kefir de Leite mas como ele não têm autorização para receitar produtos naturais e só pode
    receitar remédios de laboratórios e de farmácias ele não receita de forma alguma, mas disse que era para eu continuar tomando que isso tinha me curado.
    Descrevi aqui exatamente o que o médico me falou.

    Então pessoal estou deixando aqui esse relato para quem interessar que pesquise sobre o Kefir de Leite, na internet e youtube tem muitas informações, vocês vão se surpreender.
    O único problema desse Kefir de Leite é que é difícil de encontrar, mas eu encontrei um site que vende pelo valor de R$24,90 já com o frete incluso e entregam em todo o Brasil.
    o site é esse:


    kefirdeleite.com


    O Kefir de Leite quando você compra vem os grãozinhos e com esses grãos você mesmo vai fazendo em casa pois ele vai reproduzindo e vai tomando todos os dias, você compra apenas uma vez e se bem cuidado dura anos e anos.
    Então não custa dar uma pesquisada pois o meu estado eu considerava grave e me incomodava demais, estou deixando esse post em agradecimento a esse abençoado Kefir de Leite que mudou a minha saúde.

    ResponderExcluir

Ajude a construir esse blog, deixe aqui seu comentário, dúvida, críticas e elogios.