segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Cheguei!!!!!

Em Nyhavn, porto onde morou Hans Christian Andersen, aguardando meu barquinho
e lembrando de vocês. Se não der pra ler, na plaquinha tá escrito: Amigos do blog
esclerosemultiplaeeu, Estive na DINAMARCA e lembrei de VOCÊS.
OBRIGADA!

Oi gentes, como estão? Sentiram minha falta?
Pois eu senti a falta de vocês comigo em Copenhagen. Pensei em vocês todos direto...
Cheguei ontem mas não tinha conseguido escrever ainda por diversos motivos. Primeiro porque quando eu cheguei e tirei o sapato e as calças me assustei com o tanto de inchado que estavam. Em Guarulhos eu já estava com uma dor insuportável no pé e mal conseguia mexer o direito. Chegando em casa coloquei os dois pra cima porque o tornozelo não dobrava. Coisas pelo qual se passa um turista brasileiro na Europa, porque depois de 16 horas somadas da voo, mais as horas de espera nos aeroportos, dá nisso.
Aí os pés melhoraram depois de ficar pra cima, de tomar muita água e de deixar um pouco na água quente com sal grosso (remédio milagroso pra pés inchados).
Pensei em começar e escrever e trabalhar hoje, de dia, mas aí, o meu mal estar que começou na terça feira, lá em Copenhagen, só piorou. Explicando pra vocês, na terça-feira eu comecei a ter muita dor de garganta, cogitei ser amidalite, porque era difícil de engolir até a saliva. Mas fui levando. Na noite de quarta eu tive febre e comecei e ter catarro (coisa mairlinda de se ver). Mas fui levando... e passeando direto, caminhando o quanto dava e tomando aquele ar geladérrimo no rosto.
Na viagem de volta já tava toda congestionada, mas hoje acordei sem respirar pelo nariz, toda errada e quase sem voz.
Aí fui num Pronto Atendimento. Quando o médico perguntou desde quando eu tava assim e eu disse desde terça passada ele me olhou e perguntou: e porque não veio antes? Eu respirei fundo, olhei pra ele e disse, fazendo cara de rica (rica doente, mas rica): porque eu estava em Copenhagen doutor e só cheguei ontem da Dinamarca. Hahahahahahhaha... #brunaseachando
Aí ele ligou os fatos e disse, eu acho que você está com uma virose, porque não tem mais febre também então vamos tratar os sintomas. Essas viroses são comuns em viagens longas, principalmente se você tem um sistema imunológico frágil (ele nem sabia da EM, não tinha contado pra conseguir ter o atendimento primeiro...hehehhehe).
Eu pensei, cá comigo mesma: pobre é foda, traz consigo tudo o que for de graça, desde a geleinha de framboesa que não comeu no café até a virose que tava no ar #taquipariu.
Café da manhã do avião, com a geleinha que eu trouxe na mala.
Aprendi com o Ross, de Friends, o que pode e o que não pode pegar.
Garfinho de inox da Lufthansa, não pode, mas geleinha do coffe, pode!

Bom mesmo foi a hora que ele disse: você vai tomar esses remédios em casa, por cinco dias (e de cara eu reconheci meu amigo (soquenao) Predsim, que se usa pra EM também), mas eu gostaria que você tomasse uma dose de outras medicações injetáveis agora antes de ir pra casa porque dá pra ver que você não está muito bem e esses sintomas estão te derrubando.
Traduzindo: Fia, tu tá horrorosa!
Tomei os bichinhos e agora me sinto meia nova pessoa. Acho que até amanhã já tô uma nova pessoa inteira e aí começo a contar pra vocês nossas aventuras (que não foram poucas) em Copenhagen.
Vou transcrever meu diário de viagem com algumas lembranças também. Então, aguardem por cinco posts de viagem nos próximos dias.
Vai demorar um pouquinho, principalmente pelo segundo motivo pelo qual eu também não escrevi antes. Meu avô ainda está no hospital, tratando a meningite. Já descobriram que foi causada por uma bactérias, a Listeria... ou Misteria como ele diz...hehehehe. Ele está hemiparético ainda (não controla o lado direito do corpo) e não sabemos se tem alguma lesão permanente. Está tomando antibióticos pesados até o fim dessa semana e depois vai ter que fazer muita fisio pra recuperar os movimentos. Ganhei mais um parceiro de fisio em casa. Pior é que com essa virose aí, não posso ir vê-lo pra não passar pereba pro meu véio. Mas me dói o coração saber que ele tá assim. E ver minha mãe dormindo todas as noites numa cadeira. E ver a vó perdida dentro de casa junto com a minha irmã que não sabe o que fazer. Tá um pouco complicado sim... mas vamos passar por essa também. Quinta, quando ele voltar pra casa, eu vou estar viajando, pra apresentar um trabalho, mas sei que logo logo eu vou poder contar com o colo do meu avô e vice-versa. Peço a todos aqueles que rezam, que rezem pela sua recuperação. E àqueles que não rezam, que enviem energia positiva, porque por mais que acreditemos e tenhamos esperança, o corpo cansa, a jornada pesa e energia positiva é sempre bem vinda.
Bom, amanhã, se tudo der certo, já escrevo sobre nosso primeiro dia. Mas antes, quero dizer que essa viagem foi linda, fantástica, inesquecível e um grande aprendizado. Adoro todos os meus parceiros de viagem. Como eu disse a eles, não parece que nos conhecemos na segunda-feira, parece que somos amigos de uma vida toda que se encontraram pra curtir uns dias juntos num lugar mágico. Queridos Jefferson, Jobson, Grayce, Rodrigo, Márcia e Thais, amei passar esses dias com vocês. Os primeiros de muitos, certo? Vocês são tão especiais, que me deixam sem palavras.
Até mais!
Bjs

9 comentários:

  1. Oi Bruna,
    Estou super curiosa para saber como foram as aventuras na Dinamarca... Fui renovar a minha receita do interferon e fiquei sabendo que o meu neuro tbm estava lá e logo lembrei de vc. Como foi visitar a terrinha de Hans Christian Andersen??? Envio energias boas para o seu avô, que ele logo se recupere e que reine a paz por aí. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi lindaaaaaa!!!
    Adorei saber que a viagem foi ótima! Estou ansiosa para saber das novidades!
    Mas agora te cuida e descansa bem pra curar essa virose dinamarquesa (Que chique!), ainda mais que vais viajar quinta.
    Estou rezando pelo teu avozinho! Ele vai se sair muito bem dessa, tenho certeza!
    Tal avos, tal mãe, tal neta... bravos guerreiros!
    Ôhh família arretada sô!
    Amo!
    Beijinhos,
    Neyra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PS.: atrasado kkkkk... Que foto linda e obrigada por lembrar da gente, especialmente, pela parte que me toca! kkkk... Beijo.

      Excluir
  3. Ah que lindo,Bruninha lembrou da gente lá da Dinamarca e eu estou cheia de saudade da nossa amiga e doida pra saber das novidades,bjoooossssss.Zildelena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Logo logo eu conto tuuuuudo querida! Bjs

      Excluir
  4. Por que estas gripes nos pegam nos melhores momentos? Aguardando viagem da viagem internacional. Melhoras pro seu vô.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah é...viu o nariz vermelho nas fotos? ehehehhe
      Obrigada Lorena!
      Bjs

      Excluir
  5. Suprise daughter!
    Arrumei o com-puta-dor (era reumatismo) hehehe
    Bem-vinda de volta!
    Estávamos loucos pra te ter aqui conosco.
    Beijo enorme no seu coração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ebaaaaa!!!! Tava com saudade dos teus comentários aqui!
      Bjaaaum!

      Excluir

Ajude a construir esse blog, deixe aqui seu comentário, dúvida, críticas e elogios.