sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Especialista de que mesmo?


Oi gentes, tudo bem com vocês?
Por aqui tudo bem. Quer dizer, tô sapateando com uma coisa que li e não sabia se ria de tanto absurdo ou se chorava porque um profissional de saúde é tão ignorante e um meio de comunicação tão irresponsável... 
Bem, vamos lá, recebi da querida da Mariana o link pra uma matéria da Uol intitulada Doença incurável de Romero desaparece em A Regra do Jogo; saiba por quê Li e fiquei pasma com quase tudo, mas muito mais com uma fala de um psicanalista que nem dá pra dar adjetivos porque vou perder a compostura...
Acontece que, seguidamente as pessoas me perguntam porque eu não falo da EM na novela e eu sempre respondo que eu não posso comentar sobre o que não existe. E confesso que eu fico bem feliz que o autor tenha esquecido a doença na trama. Afinal, se era pra falar bobagem, melhor que não fale nada mesmo. Eu já previa que o que viria não seria bom, como falei nesse post antes de começar a novela. E depois da semana do diagnóstico disse pra vocês, aqui: sobreviveremos à novela e continuaremos a ter a doença depois que a novela acabar. Assim como aconteceu depois que Queridos Amigos (2008) acabou, o personagem com EM morreu e a gente continuou aqui, firme e forte e com EM. 
Bom, fato é que, como também já disse, só quem se preocupa com a EM do personagem é quem tem a doença. E eu, tendo a doença, acho melhor que ela seja esquecida pelo autor do que seja retratada de forma ruim. E, como a estatística comprova (isso tá na minha dissertação de mestrado), novelas não costumam retratar doenças e deficiências de forma respeitosa com aqueles que a tem na vida real, então não esperava que fosse diferente. Poderia ter sido bom como foi com o câncer da Carolina Dieckman ou como a esquizofrenia do Tarso (tá reprisando agora)? Sim, podia. Mas esses dois casos são uma gota no oceano das novelas com personagens mal escritos e realidades fantasiosas. 
Mas voltando à matéria que me fez voltar ao assunto, o tal do psicanalista que diz:
"A pedido do Notícias da TV, o psicanalista e psicoterapeuta corporal Sergio Savian analisou a trajetória de Romero na trama. Ele aponta que, diante de tudo o que aconteceu, para compensar, o protagonista deveria ter uma recaída fatal com a doença se manifestando de forma avassaladora. 
Para o psicanalista, existe coerência entre a personalidade de Romero e a doença que ele apresenta. Os portadores da esclerose múltipla costumam ter uma desconexão básica de si mesmos, de suas próprias necessidades. "Diante das injustiças do mundo, da vontade e impossibilidade de mudá-lo, usam toda a agressividade contra eles mesmos. Assim, o indivíduo doente canaliza as suas forças para a autodestruição. No fundo, Romero não gosta de si, não se aceita do jeito que é, vive em conflito com isso. E uma forma de se punir seria desenvolvendo esta doença autoimune, voltando-se contra si mesmo", analisa Savian."

Honestamente, se ele estivesse cara a cara comigo e falasse isso eu só poderia rir diante de tamanha ignorância. Dizer que doença autoimune é falta de amor próprio é no mínimo desrespeitoso, desonesto e mau caratismo. Vejam só, médicos especialistas do mundo inteiro que estudam doenças auto imunes não sabem a causa da EM, mas ele, psicanalista chinfrim sabe: falta de amor próprio.
Sério gente, não fosse triste saber que alguém com mente tão tacanha tem um diploma que o permite clinicar, é quase engraçado isso. Pior é que, se ele ler esse texto que escrevo agora, vai dizer que é minha raiva que me faz doente (sem nem se dar conta que quem causa minha raiva, agora, é ele). Não importa se ele me conhece ou não, conhece minha história ou não, sabe como eu me porto ou não perante a vida... ele simplesmente colocou todas as pessoas com doenças autoimunes no mesmo saco e disse: vocês todos não se amam e por isso seu corpo faz isso contra você, é um auto-castigo.
Tenha dó!
Tem um trecho de um texto do Dr. Drauzio Varela sobre essa coisa de que nosso pensamento nos deixa doentes que acho que resolve bem minha resposta a essa m... de matéria com essa citação de m... de um psicanalista de m...:
 "[...] A crença na cura pela mente e a ignorância a respeito das causas de patologias complexas como o câncer, por exemplo, são fontes inesgotáveis de preconceitos contra os que sofrem delas. Cansei de ver mulheres com câncer de mama, mortificadas por acreditar que o nódulo maligno surgiu por lidarem mal com os problemas emocionais. E de ouvir familiares recriminarem a falta de coragem para reagir, em casos de pacientes enfraquecidos a ponto de não parar em pé.
Acreditar na força milagrosa do pensamento pode servir ao sonho humano de dominar a morte. Mas, atribuir a ela tal poder é um desrespeito aos doentes graves e à memória dos que já se foram" 
Só escrevi isso tudo e chamei eles de m... porque não deve ser benéfico guardar sentimentos ruins dentro de si. Isso faz parte da terapia, não quero me autodestruir, como ele diz #ironia #hahaha
Até mais!
Bjs

26 comentários:

  1. Até que em fim alguém falou o que realmente se passa na cabeça de quem tem EM.Parabéns por falar por aqueles que se sentem perdidos com tanta má informação vindo daqueles que deveriam abrir mentes e não fecha-las.

    ResponderExcluir
  2. Sabe que até que fui ler a matéria com boa vontade... Mas quando li esse finzinho... dá para cassar a licença desse fdp???? Já tive câncer, endometriose, tenho esclerose... se entrasse na desse ignorante preconceituoso seria melhor me matar, porque devo me odiar muiiito, mas muiiito mesmo, né? SQN

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb fui na boa vontade ler e me supreendi no final. É incrível saber que pessoas que pensam assim tem espaço em jornais pra falar.
      Continue se amando! Bjs

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Notícias erradas e gente falando bobagem é bem comum, pelo jeito. Não sei se tu tá acompanhando o caso da Claudia Rodrigues. Ela fez uma operação com células tronco, que faz parte de um estudo. Como a premissa do estudo é que EM é uma doença autoimune, ela passou por sessões de quimio, para "resetar" o sistema imunológico antes de fazer a operação com células tronco. Até aí ok.

    A notícia na veja: CLAUDIA FAZ QUIMIO E OPERA PARA CURAR A ESCLEROSE.
    Não dá raiva?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, eu vi isso. Mas me canso psicologicamente lendo essas coisas. Dá uma cansera maior que fadiga. Uma tristeza por saber que um monte de gente que não entende nada de EM está lendo isso e vai me ligar dizendo que viram sobre a cura da EM. Me dá uma preguiça sabe...
      Respiremos fundo... vou ver o que mais sai sobre essa aí pra escrever também...ehehhe
      Bjs

      Excluir
  5. Bruna, fiz uma pesquisa rápida no Google, porque detesto ver gente que se diz "psicanalista" falando besteira. Pelo que entendi, ele não é psicólogo, é terapeuta holístico, e para ter registro como terapeuta holístico não é necessário ter curso superior (conforme http://www.sinte.com.br). Para se dizer "psicanalista" também não é necessário ser psicólogo ou médico porque não é uma profissão regulamentada. Ou seja, não há nem como cassar o diploma de um cara que diz tanta besteira. Foi uma grande burrada do jornal pedir a opinião de uma pessoa com formação duvidosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Ele não é psicanalista? E como eles colocam que o cara tem essa formação né? É o cúmulo da falta de cuidado na hora de fazer uma matéria. E o cara é doido!
      Obrigada pela informação!
      Bjs

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Psicanalista não é necessariamente psicólogo ou médico. Só a Sociedade Brasileira de Psicanálise exige essa formação, mas grande parte dos psicanalistas não são formados pela Sociedade (apesar de terem formação em psicanálise). O tal cara não fala em formação. Diz que inventou uma psicanálise do relacionamento. Pelo curriculo dele no FB, ele está mais para o exoterismo mesmo.

      Excluir
  6. É isso aí Bruna!!!
    Realmente, a EM do Romero tem mais é que ser esquecida, para que parem de dizer idiotices.
    Essa desse "psicanalista" afffff... E a gente pensa que já ouviu de tudo.
    Tô bege!
    Beijinhos querida <3

    ResponderExcluir
  7. Pois é gente, é muito fácil culpar a própria pessoa pela sua doença.Seria muito bom se as pessoas, psicanalistas ou não, se preocupassem em fazer alguma coisa pra aliviar o sofrimento das pessoas doentes. Mas como já sabemos esse cara aí é apenas um ignorante. Será que a ignorância dele tem cura?

    ResponderExcluir
  8. Quando li isso tb fiquei bem brava. De onde ele tirou isso? Eu me amo cada dia mais ñ é a EM que vai me diminuir! Quanta m.. esse cara disse mesmo. E tb sou da sua opinião qto ao personagem da novela, amei quando esqueceram de falar da doença, melhor se calar do que espalhar asneiras!

    ResponderExcluir
  9. Obrigada por me entender e fazer com que eu me sinta melhor, Bruna! 💚

    ResponderExcluir
  10. Também odiei este psico alguma coisa. Da vontade de fazer um vídeo mais agora xingando ele pra dar uma lavada na alma.

    ResponderExcluir
  11. Oi Bruna!
    Sem maiores comentários sobre essa matéria e o personagem da novela.
    Logo no início da trama, quando o personagem Romero foi diagnosticado com EM e orientado a procurar um PSIQUIATRA ao invés de um médico(a) NEUROLOGISTA, para que então recebesse a confirmação do diagnóstico (após realizar todos os exames que nós somos submetidos, PARA NÃO HAVER ERRO DE DIAGNÓSTICO) e fosse medicado, para mim o autor da novela "caiu" em descrédito.
    Concordo plenamente que podemos, devemos, precisamos ter um apoio psicológico/ psiquiátrico. E de um médico especialista antes de tudo. Tem tratamento, nós esclerosados bem sabemos!!! Beijos, Ana Paula.

    ResponderExcluir
  12. Acho que deveríamos fazer uma manifestação pública contra esse psicopicareta. Quanto à novela, é esperar para ver o omelete que vão fazer!

    ResponderExcluir
  13. Não vejo a novela nem sei o que se passa nela porque moro longe. Mas essa bobagem de não se gostar e, por isso desenvolver uma doença, já ouvi muita gente insinuando. Ou então porque você tá pagando pelo que fez em outra encarnação. As duas opções, na minha opinião, são extremamente desrespeitosas. Mas não é só com doença, não. Sabia que se você enjoar na gravidez também pode ser porque tem algum débito com o espírito que vai encarnar com seu filho?! Insinuaram essa pra mim: que eu não amava meu filho, por isso tava enjoando. Deu raiva e vontade de rir ao mesmo tempo. É muita ignorância e besteira juntas, meu Deus do céu!

    ResponderExcluir
  14. Olá Bruna. Cada vez escrevendo com mais clareza, objetividade e coração. Nem li o link acima indicado sobre a novela pra não acumular mais essa mágoa de um leitura reducionista dos fatos. Mas seu post fez pensar, já que questionou a leitura louca desse dito profissional. Já passei isso com um médico, ele disse que eu causava os sintomas... Não acredito nisto! Por outro lado, acredito que exista sim um processo individual à margem disso. No entanto, ler uma doença complexa a partir de um estado do eu é, no mínimo incompetência sociopata. Acontece que isso dói de ver, desrespeito inominável e arrogante desse, como diz um amigo psicólogo, "sacanalista".
    Tudo de bom pra você.

    ResponderExcluir
  15. No início da novela me interessei mais ainda em acompanhar quando soube que teria um personagem portador da EM, pensei... nossa que legal espero que sirva de auto ajuda pra mim, pois tinha recebido diagnóstico a pouco tempo. Assisti o programa Bem estar q abordou muito bem o tema, fiquei super motivada.
    Mas a novela começou e de cara eu que pouco conhecia da doença percebi q tinha coisas nada haver, "apesar de q cada caso é um caso"... Passou e simplesmente a Doença foi esquecida, concordo com a Bruna, se é pra falar merda que seja esquecida, e esquecida por completo!
    Há dias que isso vem me intrigando.
    Qual o objetivo do autor em abordar EM na novela?!!
    Esperava mais dessa parte da novela,que mostrasse tratamentos, como vc conviver com a Doença etc, tipo uma auto ajuda.

    Agora vem psicanalista dizer q é falta de amor próprio (sabe de nada inocente).
    Espero que se o final da novela for de merda em relação a doença é melhor nem tocar no nome, nem prosseguir igaul na sena de hj... Onde o Romero é ameaçado e fala Há não me mate pq a minha doença já não permite que eu viva muito tempo".
    Em fim parabéns Bruna por colocar a boca no trombone.

    ResponderExcluir
  16. Sobre pessoas enchendo o saco telefonando e avisando que "descobriram a cura" nem sei o que dizer...

    Estive na fila para o transplante de córnea por 4 anos na primeira vez e 2 anos a segunda. Na época o banco de olhos de Sorocaba era referência nacional, bem organizado e dificilmente você lá esperava mais de 6 meses na fila. Isso faz com que circulasse o falso boato de que eles "jogavam as córneas fora" por excesso de doadores e falta de receptores. Putz, a quantidade de gente que me procurava com a "novidade" e solução dos meus problemas era irritante. Não adiantava explicar que não era bem assim, e que mesmo que fosse eu moro longe, seria inviável mudar pra lá e fazer o pré e pós acompanhamento por anos por algo que era incapacitante mas não fatal. Cansava ouvir tantas vezes e ver que as pessoas as vezes concluíam que eu simplesmente não queria ficar boa já que estava recusando a cura rápida.
    Agora descobri que tenho EM a pouco tempo. Ainda nem comecei o tratamento pois estou repetindo todos os exames e mimimi mas com essa divulgação da Cláudia Rodríguez já vieram conversar sobre a "cura pela quimioterapia". Uma parente do meu marido chegou a perguntar porque pintei o cabelo se ele vai cair quando eu começar o tratamento.
    Sobre a novela nem falo... Não vejo novelas mas me comentaram que ele se tratava com psiquiatra... Pelo amor de deus né?
    É cansativo, como você disse, ter algo que ninguém entende e que vai gerar tantas conversas desgastantes. Passo por isso a dez anos com meu problema ocular e agora vou ter que passar com a esclerose também. Legal, vida super divertida.

    ResponderExcluir
  17. Sobre pessoas enchendo o saco telefonando e avisando que "descobriram a cura" nem sei o que dizer...

    Estive na fila para o transplante de córnea por 4 anos na primeira vez e 2 anos a segunda. Na época o banco de olhos de Sorocaba era referência nacional, bem organizado e dificilmente você lá esperava mais de 6 meses na fila. Isso faz com que circulasse o falso boato de que eles "jogavam as córneas fora" por excesso de doadores e falta de receptores. Putz, a quantidade de gente que me procurava com a "novidade" e solução dos meus problemas era irritante. Não adiantava explicar que não era bem assim, e que mesmo que fosse eu moro longe, seria inviável mudar pra lá e fazer o pré e pós acompanhamento por anos por algo que era incapacitante mas não fatal. Cansava ouvir tantas vezes e ver que as pessoas as vezes concluíam que eu simplesmente não queria ficar boa já que estava recusando a cura rápida.
    Agora descobri que tenho EM a pouco tempo. Ainda nem comecei o tratamento pois estou repetindo todos os exames e mimimi mas com essa divulgação da Cláudia Rodríguez já vieram conversar sobre a "cura pela quimioterapia". Uma parente do meu marido chegou a perguntar porque pintei o cabelo se ele vai cair quando eu começar o tratamento.
    Sobre a novela nem falo... Não vejo novelas mas me comentaram que ele se tratava com psiquiatra... Pelo amor de deus né?
    É cansativo, como você disse, ter algo que ninguém entende e que vai gerar tantas conversas desgastantes. Passo por isso a dez anos com meu problema ocular e agora vou ter que passar com a esclerose também. Legal, vida super divertida.

    ResponderExcluir
  18. Li essa matéria mas eu to tão relaxada que nem liguei pelo comentário ridículo do cara. Acho que a novela tá ridícula pq o maior dos nossos problemas é a fadiga e o Romero anda na correria nem aparenta cansaço. Quando eu estava com surto parecia um zumbi andando encostava em algo ja tava eu dormindo. Cheguei a dormir 2 dias seguidos. A até hj se faço muita coisa num dia eu fico exausta. Bom eu acompanho pra ver na merda que vai dar mas não gostei tb da novela e nem da forma como foi abordada à esclerose múltipla.

    ResponderExcluir
  19. Li essa matéria mas eu to tão relaxada que nem liguei pelo comentário ridículo do cara. Acho que a novela tá ridícula pq o maior dos nossos problemas é a fadiga e o Romero anda na correria nem aparenta cansaço. Quando eu estava com surto parecia um zumbi andando encostava em algo ja tava eu dormindo. Cheguei a dormir 2 dias seguidos. A até hj se faço muita coisa num dia eu fico exausta. Bom eu acompanho pra ver na merda que vai dar mas não gostei tb da novela e nem da forma como foi abordada à esclerose múltipla.

    ResponderExcluir

Ajude a construir esse blog, deixe aqui seu comentário, dúvida, críticas e elogios.